Saltar para o corpo principal da página

Em tempos de pandemia, cuide de sua saúde mental

Data: 18/06/2020

Diante do cenário em que vivemos é natural o aumento de sentimentos como medo, angústia e ansiedade (estes têm uma função de proteção na nossa vida, nos alertando de podemos estar em perigo, que alguma coisa pode ocorrer conosco e sempre vão existir), no entanto, é de suma importância saber como lidar com estes sentimentos para que não se tornem agravantes na nossa qualidade de vida, para que não levem a produção de pensamentos automáticos distorcidos e de comportamentos inadequados.

Se faz necessário nesse momento lembrar e avaliar o que esta ao nosso alcance como por exemplo, manter as medidas de cuidado (distanciamento social, uso de máscara, do álcool gel, lavar as mãos com frequência) mas também é muito importante nos darmos conta que em relação à algumas questões não temos controle, não dependem de nós, por isso, não vamos conseguir resolvê-las, então nem o medo nem a ansiedade seriam capazes de solucionar.  Esse foco na racionalidade, entender que estou fazendo o que está ao meu alcance e que o restante não depende de mim auxilia muito na regulação das nossas emoções.

Outro fato bem importante é evitar a busca excessiva de informações. Escolha um noticiário, procure informações de órgãos oficiais para a segurança de sua saúde mental. Evite ver tudo o que recebe via whatsapp e outros aplicativos. Caso contrário estará sempre em estado de alerta, incapaz de relaxar e com um aumento do estresse.

Tente manter suas rotinas pessoais, elas também auxiliam muito no gerenciamento das emoções e trazem um maior sentido para vida. Inclua atividades saudáveis que tragam bem-estar (relaxamento, exercício, música, artes, dentre outras subjetivas suas).

Procure encarar a situação de forma realista e lembrar que nada dura para sempre, são formar de manter nossa saúde mental e lembre-se é normal um aumento no nível de emoções desagradáveis, no entanto se estiver deprimido, sobrecarregado, sem paciência, pensando em coisas ruins solicite ajuda pelo telefone 3397 12 30 de segunda-feira à sexta-feira em horário de funcionamento do posto de saúde ou pelo canal de apóia emocional 188, 24horas todos os dias.

Ouça a Entrevista:

 

Danielli Burtuli - Psicóloga CRP 07/18918

Especialista em Psicologia Clínica

Especialista em Psicoterapia Cognitivo-Comportamental

 


Arrow_Owl
Gallery big 91429d0bcf73fcd6ed631d6e76f9662f
noticia.png